Principais situações de vulnerabilidade social das famílias da Microrregião de Ubá/MG

Leiliane Chaves Mageste de Almeida, Maria das Dores Saraiva de Loreto, Karla Maria Damiano Teixeira, Suely de Fátima Ramos Silveira

Resumo


Com a finalidade de compreender o contexto de vulnerabilidades a que estão sujeitas as famílias brasileiras, este estudo objetivou-se em verificar a vulnerabilidade social das famílias dos municípios que compõem a Microrregião de Ubá da Zona da Mata Mineira/MG, utilizando a análise documental de dados secundários provenientes do PNUD e do MDS. Os resultados apontaram que o Índice de Desenvolvimento Humano da Microrregião (0,676) vem evoluindo positivamente nas três últimas décadas, contudo permanece menor que o IDH-M do Brasil (0,727), necessitando melhorar principalmente o IDH-Educação. Segundo Censo CRAS 2013 (MDS), as principais situações de vulnerabilidade vivenciadas pelas famílias da área de abrangência dos CRAS da Microrregião são: situações de negligência em relação às crianças/adolescentes, presença de usuários de crack e ou outras drogas, negligência em relação à pessoa idosa. Conclui-se que o quadro de vulnerabilidades é multifacetado, mostrando a suscetibilidade das famílias em termos de proteção social.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais