A interferência da carreira do magistério superior na qualidade de vida dos docentes da Universidade Federal de Viçosa-MG

Michelle Barbosa Soares, Simone Caldas Tavares Mafra

Resumo


Qualidade de Vida (QV) é conceito abrangente, que envolve as dimensões consideradas importantes para o ser humano. O estudo objetivou verificar se a carreira dos docentes universitários da Universidade Federal de Viçosa interfere na QV dos professores. O estudo foi realizado na cidade de Viçosa, MG, tendo como unidade de pesquisa a Universidade Federal de Viçosa (UFV), campus Viçosa. Foram selecionados de forma aleatória 13 docentes universitários que estão lotados na UFV, campus Viçosa. Os resultados mostraram que os docentes se sentem realizados com seu trabalho, entretanto a sobrecarga de trabalho pode diminuir o seu tempo de lazer, diminuindo o tempo para a realização de atividade física, afetando as condições de saúde dos mesmos. Conclui-se que há sobrecarga de trabalho na carreira dos docentes universitários, e carência de conscientização dessa situação pelos gestores, para que haja modificação nas políticas de legitimação do atual sistema educacional.


Palavras-chave


Professor; Bem-estar; Sobrecarga ocupacional;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31423/oikos.v29i2.3788

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Oikos: Família e Sociedade em Debate

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.



Periódico do Programa de Pós-Graduação em Economia Doméstica - PPGED

Universidade Federal de Viçosa - UFV

www.oikos.ufv.br

ISSN: 2236-8493

Contato:
revistaoikos@ufv.br
(31)3899-2488


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.