O LÉXICO DA NOVA FORMAÇÃO DO/A PEDAGOGO/A: PROBLEMATIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

  • Rodrigo Saballa de Carvalho Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGEdu/UFRGS)
Palavras-chave: Curso de Pedagogia, Formação, Pedagogo

Resumo

O presente artigo é decorrente de uma pesquisa de cunho qualitativo, que a partir dos Estudos Culturais em Educação, procurou problematizar as narrativas de acadêmicos do Curso de Pedagogia, a respeito do processo de formação docente vivenciado. A análise possibilitou enfatizar a centralidade da linguagem no processo de formação dos pedagogos e os modos como os mesmos constituem-se enquanto professores. Ao abordar tal processo, evidenciou-se que a formação acadêmica encontra-se implicada em um conjunto de práticas de governamento, a partir de um léxico comum, que utiliza determinadas palavras-chave enquanto preceitos a serem defendidos. Esses preceitos podem ser elencados do seguinte modo: ser empreendedor de si, ser tributário das pedagogias críticas, ser promotor do alastramento da culpa e da má consciência e ser um crítico do currículo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Saballa de Carvalho, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGEdu/UFRGS)
Pedagogo, Especialista em Gestão da Educação, Mestre em Educação e Doutorando em Educação pela Linha de Pesquisa dos Estudos Culturais - PPGEdu/UFRGS.
Publicado
2011-07-26
Como Citar
de Carvalho, R. S. (2011). O LÉXICO DA NOVA FORMAÇÃO DO/A PEDAGOGO/A: PROBLEMATIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS. Educação Em Perspectiva, 1(2). https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v1i2.86
Seção
Artigos