BREVES REFLEXÕES SOBRE A POLITICA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES: DOS ANOS 1990 AOS DIAS ATUAIS

  • Elimar Ponzzo Dutra Leal Universidade Federal de Viçosa
  • Ana Carolina Pessoa Brandão Universidade Federal de Viçosa
  • José Marcos Vieira Júnior Universidade Federal de Viçosa
  • Rita de Cássia de Alcântara Braúna Universidade Federal de Viçosa
  • Alvanize Valente Fernandes Ferenc Universidade Federal de Viçosa
Palavras-chave: formação de professores, legislação educacional, políticas de formação

Resumo

Neste trabalho, objetivamos, por meio de uma análise bibliográfica, apresentar breves reflexões sobre a formação de professores, focalizando-as nas principais legislações que regulamentam as políticas de formação no país. Partimos da LDBEN 9394/96 por ser a primeira tentativa de regulamentar a formação de professores no Brasil. Também analisamos as Diretrizes Curriculares de Formação de Professores e as dos cursos de Pedagogia, visto que ambas surgiram dentro de um movimento em busca da profissionalização docente, reacionário à lógica implementada, sobretudo, a partir dos anos 1990. Por fim, apresentamos as principais políticas de formação de professores no atual governo. Concluímos que a lógica que perpassa as políticas de formação de professores desde os anos 1990, via de regra, é a mercantil, que atende aos interesses do capital. Tal lógica se alicerça em três elementos básicos: profissionalização docente, noção de competências como base formativa e flexibilização do lócus de formação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elimar Ponzzo Dutra Leal, Universidade Federal de Viçosa
PEDAGOGA, FORMADA PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA EM 2008. MESTRANDA DO PROGRAMA DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, PERTENCENTE À LINHA DE PESQUISA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES.
Ana Carolina Pessoa Brandão, Universidade Federal de Viçosa
PEDAGOGA, FORMADA PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA EM 2010. MESTRANDA DO PROGRAMA DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, PERTENCENTE À LINHA DE PESQUISA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES.
José Marcos Vieira Júnior, Universidade Federal de Viçosa
PEDAGOGO, FORMADO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA EM 2010. MESTRANDO DO PROGRAMA DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, PERTENCENTE À LINHA DE PESQUISA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES.
Rita de Cássia de Alcântara Braúna, Universidade Federal de Viçosa
PROFESSORA DA GRADUAÇÃO E DA PÓS-GRADUAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, PERTENCENTE À LINHA DE PESQUISA FORMAÇÃO DE PROFESSORES. ATUALMENTE ESTÁ COMO ASSESSORA DA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, ESPECIFICAMENTE NO PIBIC.
Alvanize Valente Fernandes Ferenc, Universidade Federal de Viçosa
PROFESSORA DA GRADUAÇÃO E DA PÓS-GRADUAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, PERTENCENTE À LINHA DE PESQUISA FORMAÇÃO DE PROFESSORES. 
Publicado
2012-05-09
Como Citar
Leal, E. P. D., Brandão, A. C. P., Júnior, J. M. V., Braúna, R. de C. de A., & Ferenc, A. V. F. (2012). BREVES REFLEXÕES SOBRE A POLITICA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES: DOS ANOS 1990 AOS DIAS ATUAIS. Educação Em Perspectiva, 2(2). https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v2i2.194
Seção
Artigos