Gênero e consumo no romance Madame Bovary

  • Vania Eugênia da Silva Universidade Federal de Viçosa (UFV)
  • Rita de Cássia Pereira Farias Universidade Federal de Viçosa
Palavras-chave: Gênero, Consumo, Romance Madame Bovary

Resumo

O trabalho tem como objetivo refletir sobre a relação gênero e consumo a partir do romance Madame Bovary, que retrata a história de Emma Bovary, uma moça bem educada, criada no campo para ser a esposa ideal nos moldes da sociedade francesa do século XIX. Diferente da maioria das mulheres daquela época, que não estudaram, Emma cresceu lendo romances que despertaram nela a ilusão de uma vida diferente da qual ela se deparou depois de se casar. Frustrada e infeliz, ela buscou no adultério e no consumo uma fuga da vida medíocre que levava. Contudo, suas transgressões não ficaram impunes e ela viu seus sonhos amorosos e consumistas serem destruídos pela realidade. Emma sucumbe ao suicídio, visto como a única saída para a sua difícil situação. Madame Bovary faz uma crítica à sociedade burguesa - que aprisiona a mulher em papéis e identidades, a oprime, a inferioriza e a subordina à dominação masculina -, bem como à sociedade de consumo, estabelecida após a revolução industrial, que lhe tragou a noção de realidade, instigando-a a um consumo impossível de ser sustentado pelo sua condição e classe.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vania Eugênia da Silva, Universidade Federal de Viçosa (UFV)
Possui graduação e mestrado em Economia Doméstica pela Universidade Federal de Viçosa. Doutoranda em Economia Doméstica/UFV na aréa de concentração: Família e Sociedade. Atualmente é Coordenadora Técnica do Índice de Preços ao Consumidor de Viçosa - (IPC-Viçosa/DEE/CCH/UFV).Tem experiência com pesquisa nos seguintes temas: Qualidade de Vida no Trabalho, Ergonomia de Produto, Usabilidade, Saúde do trabalhador, Segurança no trabalho, Envelhecimento e Consumo.
Rita de Cássia Pereira Farias, Universidade Federal de Viçosa
Doutora em Antropologia pela Unicamp. Possui graduação e mestrado em Economia Doméstica pela Universidade Federal de Viçosa. Professora associada da Universidade Federal de Viçosa e atua principalmente com os temas: corporalidade, cultura, identidade e consumo, sob a ótica da antropologia. Líder do grupo de pesquisa do CNPq "Gênero, Trabalho e Consumo". Autora do livro "Uniforme e trabalho no Vale do Aço: discursos, práticas e significados simbólicos", publicado pela Editora UFV. Editora Chefe do periódico Oikos: Família e sociedade em debate.
Publicado
2019-03-17
Como Citar
Silva, V. E. da, & Farias, R. de C. P. (2019). Gênero e consumo no romance Madame Bovary. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 30(1), 29-48. https://doi.org/10.31423/oikos.v30i1.8541