Dádiva e sociabilidade na velhice: o caso de dois casais de idosos camponeses

Rita de Cássia Pereira Farias, Adriele Schmidt

Resumo


O artigo apresenta uma reflexão sobre a importância da dádiva na velhice para preservar as relações sociais. O universo empírico foi constituído pelas famílias de dois casais de idosos, residentes em localidades muito diferenciadas, mas que desenvolvem práticas semelhantes no sentido de manter as relações de sociabilidade com a família e amigos, bem como a própria existência, a partir da fabricação artesanal de derivados do leite e de outros produtos agropecuários. O modo de vida desses idosos comprova que os alimentos produzidos, além de sustentar o corpo físico e biológico, nutrem o corpo social. Além disso, a tríplice obrigação de dar, receber e retribuir (MAUSS, 2003) contribui para que os idosos continuem ativos em termos de trabalho, se sintam úteis e mantenham a sociabilidade com familiares e amigos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais